Imagem Deniel Rocha - Aventura Eco

 

Imagem Formações areníticas formadas á 340 milhões de anos!

Formações areníticas formadas á 340 milhões de anos!

O conjunto de formações lembra uma cidade medieval com seus castelos e torres em ruínas, daí o seu nome. A altura média das colunas de pedra e muralhas é de vinte metros e pode chegar a trinta metros ou mais em alguns pontos, em função do terreno acidentado.

classificadas como um dos sítios geológicos brasileiros pela SIGEP, devido suas impressionantes esculturas naturais, esculpidas pelas erosões eólica e pluvial nos arenitos do Grupo Itararé

Composto de três sítios vizinhos: os Arenitos; as Furnas e a Lagoa Dourada.

Enquanto os arenitos são uma enorme coleção de grandes blocos esculpidos em formas exóticas, as Furnas são três crateras com paredes verticais, erodidas no solo, a maior delas com cerca de 100 metros de profundidade, metade da qual coberta de água. Todas são ligadas entre si e à Lagoa Dourada, assim chamada pelo efeito criado pela água cristalina e a coloração de suas areias nos poentes.

A formação arenítica de Vila Velha remonta ao período Carbonífero (há aproximadamente 340 milhões de anos), quando o mar interior que existia no local começou a ser drenado, expondo o material arenoso que acabou cimentado com óxido de ferro (daí a cor avermelhada).

Nos milênios seguintes o terreno gradativamente se elevou e foi vagarosamente erodido pela ação dos ventos e da chuva que atuaram nas zonas mais frágeis das rochas, desgastando-as de forma diferencial e até mesmo isolando-as em diversos blocos.

Algumas das formações parecem animais como a "Tartaruga" ou o "Camelo", outras lembram cogumelos dos mais diversos tipos e tamanhos, ou formas como a "Taça", símbolo de Vila Velha; a "Bota"; a "Esfinge"; a "Cabeça de índio"; paredes de pedra que lembram muralhas de castelos, torres de diversos formatos e alturas de geometria variável com formas e paisagens distintas, além de fendas cujo formato interno lembram garrafas. Há duas grandes pedras pendentes no alto entre dois paredões rochosos, sempre prestes a desabar e parecendo flutuar desafiando as leis da gravidade.

Os arenitos de Vila Velha tem a cor basicamente avermelhada como um tijolo, cujos matizes variam conforme a hora, luz doSol e da época do ano, criando uma atmosfera surreal.

Referências:
>  Cadastro Nacional de Unidades de Conservação do Ministério do Meio Ambiente
 

<- Voltar

Imagem Topo

Assine nossa
Newsletter:

  |   Rua Paulo Kissula 1538 - Curitiba/PR   |